OPESP - Orquestra Parasinfônica de São Paulo
Captura_de_Tela_2020-07-29_às_16.06.11

Formação de uma “Orquestra Parasinfônica”, objetivando realizar concertos de música clássica, oferecendo ao público um amplo espectro da impressionante produção musical desse segmento cultural.

 

A seleção dos  participantes se dá por meio de audições e chamada pública para a  formação da OPESP a ser composta por  30 (trinta) musicistas portadores de deficiência física, ou motora, para se apresentarem para o público na Sala São Paulo, a qual faz parte do Centro Cultural Júlio Prestes (São Paulo, SP).

fotoorquestra.jpg

Trata-se de um projeto de inclusão social por meio da música clássica a fim de demonstrar que deficiência, não é sinônimo de incapacidade 

Igor Cayres, idealizador
Restaurador Usando Scalpel